images

Os motoristas que passaram pelo Posto do Arco foram surpreendidos com uma ação conjunta da Charrua e Sest/Senat Lajeado. Desta vez, o pit stop era para motoristas e caroneiros. Ao ingressarem no espaço preparado para a ação, foi possível fazer teste de glicose e aferir a pressão arterial. O público também recebia orientações sobre direção defensiva, velocidade, uso de equipamentos que roubam a atenção do motorista (especialmente celulares), bem como evitar o uso de bebidas alcoólicas ao dirigir.

Na Semana Nacional do Trânsito, Charrua e Sest/Senat Lajeado realizaram ações nos Postos Florestal, Arco e Caminhões, nos dias 21, 22 e 23 de setembro, orientando motoristas sobre direção defensiva e distribuindo folders, ações que se estenderam aos postos da Polícia Rodoviária Estadual, em Encantado e Cruzeiro do Sul.

Cerca de 140 motoristas foram atendidos em cada dia. A ação encerrou-se hoje (23/09), no Posto do Arco. Além disso, a Charrua produziu quatro vídeos com dicas de pilotagem segura e uso de equipamentos de segurança, com o piloto de motovelocidade da equipe Charrua Racing, Hebert Pereira, compartilhados na página www.facebook.com/postoscharrua. A rádio Tropical FM acompanhou a ação no Posto do Arco.

 

30% dos acidentes são causados pelo uso de celulares ao dirigir

A informação é da instrutora de trânsito Curso Especializado Sest/Senat Lajeado, Rejane Cariolato Moretto, com base em dados levantados pelo Detran, em 2016. “Aquela ligadinha no caminho para avisar que já está chegando pode fazer com que o motorista não volte para casa”. Dentre as causas de acidentes de trânsito mais significativas, Rejane cita: excesso de velocidade, consumo de bebidas alcoólicas, uso do telefone ao dirigir e ultrapassagem em local proibido. Comenta, ainda, que o uso de quaisquer equipamentos sonoros, que venham tirar a atenção do motorista, como Bluetooth e ponto de orelha, é considerado infração.

A motorista, Ana Paula Backes (37), esteticista animal, passou pelo pit stop da Semana Nacional do Trânsito, e aprovou a iniciativa. “Gostei muito de parar um pouco e medir a pressão, verificar o nível de glicose. Também, de receber orientações importantes sobre o uso do celular. Recentemente levei um susto ao dar uma “encostada” em outro veículo, enquanto falava ao telefone. Agora, mudei, deixo o celular na loja”.

A partir de novembro, a infração por uso de celular ao volante passa a ser gravíssima, o que representa sete pontos no prontuário. E a multa passará de $ 85,13 para R$ 293,47.