images

A Charrua fez um grande investimento para tirar do papel uma base que tornará a empresa independente na logística de abastecimento de seus caminhões. A BEST foi inaugurada na quinta feira, dia 6 de julho, em Esteio, e se caracteriza por ser a mais moderna base primária de combustíveis do Estado.

O bombeio é feito diretamente da Refinaria Alberto Pasqualini (Refap) o que agilizará os trabalhos. Antes, o abastecimento era feito em bases locadas ou secundárias. A BEST garantirá o fornecimento de combustíveis de forma mais ágil e possibilitará que a Charrua possa ampliar seus negócios e pontos de venda.

O investimento no projeto foi de 100 milhões de reais e é considerado um marco para a distribuição de combustíveis na região Sul. A planta possui capacidade de armazenagem estática de 25 milhões de litros. Participaram da solenidade de inauguração, no dia 6, o diretor presidente da Charrua, Elvidio Elvino Eckert, e os empresários Juarez Nonemacher, da Megapetro, e Arnaldo Hammerschmidt, da paranaense Potencial, além de autoridades locais.

O Governador do Estado, Ivo Sartori, esteve na inauguração e parabenizou as empresas envolvidas no investimento. Sartori fez menção especial ao Sr. Elvidio Elvino Eckert, como exemplo de empreendedorismo e visão de negócios. O governador se mostrou muito confiante com a base e enfatizou a importância do investimento da Charrua para a geração de empregos e renda para o Rio Grande do Sul.

 

ALTA CAPACIDADE
Outro destaque do projeto é a capacidade de movimentação, que chega a cerca de 150 milhões de litros de combustíveis ao mês. O empreendimento ocupa área de 22 mil metros quadrados na Avenida Presidente Vargas, 3700, com a Rua Bento Gonçalves, quase no limite de Esteio com Canoas. O prefeito de Esteio, Leonardo Pascoal, ressalta que o empreendimento é fundamental para atrair outros negócios para a cidade.

 

ABASTECIMENTO DIRETO DA REFINARIA
Graças a localização privilegiada a BEST é abastecida diretamente, por interligação de dutos, pela Refinaria Alberto Pasqualini – REFAP. O empreendimento usa tecnologia alemã e italiana no sistema de automoção, o que possibilita um carregamento mais rápido dos caminhões. Aliado à agilidade no abastecimento está a proximidade com as principais BRs do sul do País, além de rodovias regionais, o que otimizará a entrega dos combustíveis nos postos.